Panarquia

Entender como sistemas integrados interagem, evoluem, espalham inovação e transformam

Panorâmica

Panarquia é uma ferramenta ideal para grupos maiores identificarem, em conjunto, como os sistemas são encaixados uns dentro dos outros e suas interdependências. Os participantes tornam-se maiores observadores das pequenas mudanças que podem ajudar a difundir ideias para outros grupos e departamentos. Cada nível possui uma dinâmica que cria “janelas de oportunidade” para movimentação multi-nível entre fronteiras.

Quando usar

  • Identificar um conjunto de estratégias em vários níveis para impulsionar a transformação.
  • Criar uma oportunidade para que pessoas de diferentes níveis trabalhem em conjunto.
  • Identificar pessoas que se movimentam entre os níveis e podem ajudar os grupos a avançar.
  • Para ajudar um grupo inteiro a ver a situação geral.
  • Criar resiliência e absorver problemas ao se reorganizar em conjunto.

Como aplicar

Começar:

Os participantes identificam o que está contribuindo para um desafio em níveis por cima e por baixo dos próprios, e imediatamente especificam diferentes estratégias e oportunidades para mudanças dentro de cada nível e entre diversos deles.

Materiais:

Um quarto com uma parede plana e aberta para os participantes ficarem na frente, apostilas individuais com a tabela da Panarquia, um grande cartaz na parede ou uma versão para flip-chart ou prancheta e notas autoadesivas.

Tempo/Passos:
  • 5 minutos: Apresente a idéia da Panarquia (e Ecocycle Planning – (Planejamento de Ecociclos) se necessário) e entregue uma tabela da Panarquia em branco a cada participante.
  • 5 minutos: Peça a cada pessoa para gerar um conjunto de níveis que influenciem a propagação de suas idéias/inovações perguntando “Quais são os fatores, do menor-para-o-maior, que influenciam suas chances de sucesso?”
  • Incluir fatores micro (partículas, pessoas, equipes), meso (organizações, redes) e macro (cultura, política, mitos) que contribuam para a existência do desafio que está sendo abordado.
  • 10 minutos: Em pares, os participantes “traduzem” os fatores em níveis e criam rótulos para eles (4-7 níveis são suficientes).
  • 10 minutos: Em grupos de quatro, os participantes comparam níveis e finalizam uma tabela com notas autoadesivas.
  • 10 minutos: Se houver vários grupos, criar uma única tabela, convidando cada grupo a adicionar quaisquer níveis previamente não incluídos na tabela geral.
  • 10 minutos: Em grupos de quatro, refletir sobre o seguinte conjunto de perguntas: “Em que níveis investiram nossa atenção e recursos até o momento? Que níveis temos negligenciado? O que sabemos sobre o estado e a dinâmica existente nos diferentes níveis?”
  • No grande grupo, compartilhar reflexões de alguns grupos.
  • 15 minutos: Em grupos de dois ou quatro, explorar um nível de profundidade usando Planejamento de Ecociclos. Cada grupo deve escolher um dos 4-7 níveis, e ter uma pessoa em seu grupo que tenha experiência neste nível.
    • Os grupos formulam respostas para “Neste nível, o que está acontecendo agora e que ações estão sendo tomadas em relação ao desafio que a nossa inovação apresenta? É a resposta ao desafio em fase empreendedora, burocrática, herética, ou de renovação?”
    • Criar um rascunho de avaliações de Ecocycle Planning – (Planejamento de Ecociclos) para esta escala.
  • 10 minutos: Colete as avaliações feitas pelos grupos. Cada nível apresenta sua breve avaliação.
  • 15 minutos: Faça um brainstorming com uma lista de obstáculos e oportunidades que se relacionem ao trabalho em todos os níveis e pergunte: “Observando a hierarquia dos níveis, quais as oportunidades e os obstáculos que você vê para mudanças em todos eles? Há portas se abrindo para novas idéias lá em cima, recursos de destruição criativa em desdobramento acima fluindo para baixo, desenvolvimentos de pequena escala abaixo desestruturando a escala superior?”
  • 10 minutos: Use rodadas rápidas de 1-2-4-Todos com perguntas como: “Que medidas você pode tomar para influenciar os níveis acima e abaixo de você?” e “Quem você conhece que tem influência em mais de um nível ao mesmo tempo?”
  • 10 minutos: Priorizar oportunidades e obstáculos que surjam. Criar um primeiro passo de ação para cada um.
  • 15 minutos: Compartilhar passos de ação com todo o grupo, colocando notas autoadesivas em cada nível do gráfico grande da Panarquia.
  • 15 minutos: Em todo o grupo, use uma Análise depois da Ação para elaborar e priorizar possíveis próximos passos simultaneamente. Retornar à Panarquia à medida que continua o trabalho de difusão da inovação.

Como adaptar

Dicas

  • Incluir pessoas ou perspectivas de cada nível para obter resultados mais eficazes.
  • Pesquisa é útil quando você não estiver familiarizado com a dinâmica em níveis menores e maiores.
  • Pontue o histórico e seu papel na definição do que é possível em cada nível.
  • Lembre aos participantes que as inovações se formam de camadas, muitas vezes não inventadas simultaneamente como um sistema ou no mesmo nível. Se você quer construir soluções robustas que atinjam todos os níveis, você pode subir uma camada (generalizar) perguntando “Isso é parte de quê?” Ou descer uma camada (ser mais específico), perguntando “O que é uma parte deste todo?” Se o foco está nos novos comportamentos, “suba uma camada”, perguntando “que intenção está por trás deste comportamento?” e “desça uma camada” perguntando “que outro comportamento é consistente com essa intenção?”

Recursos

  • Para saber mais, consulte as contribuições do Professor Frances Westley em SIG Knowledge Hub sobre dimensionamento e o livro “Panarquia: Entendendo Transformações em Sistemas Humanos e Naturais” e outros escritos.

Leave a Reply

avatar
Photo and Image Files
 
 
 
Audio and Video Files
 
 
 
Other File Types
 
 
 
  Subscribe  
Notify of