25/10 Colaboração aberta de tarefas

Rapidamente gerar e separar as ideias mais poderosas e acionáveis de um grupo

Panorâmica

25/10 é um jogo de grupo onde 20 minutos pode ser suficiente tempo para uma grande equipe gerar e organizar excelentes e ousadas ideias. Ele cria uma atmosfera lúdica e permite um pensamento dinâmico da equipe e que arrisquem nos seguintes passos.

Quando usar

  • Enfatizar a capacidade da equipe para conectar rapidamente com seu próprio talento.
  • Os resultados que foram gerados dentro da equipe são mais propensos a ter uma duração de longo prazo (sem conselhos importados).
  • Desencadear sinergia entre os diversos pontos de vista e ao mesmo tempo construir consistência.
  • Incentivar inovadores novatos em direção a dar os primeiros passos ousados e práticos.
  • Priorizar ideias e estimular a equipe após um Open Space – (Espaço Aberto).
  • Iluminar ideias ousadas no início de uma conferência ou reunião de um grupo de acção.

Como aplicar

Começar:

Perguntas feitas aos participantes: “Se você fosse 10 vezes mais ousado, que grande ideia você recomendaria? Qual seria o primeiro passo que você tomaria para começar?”

Montagem:

Espaço aberto sem cadeiras ou mesas. Todo mundo em pé e deambulando ao mesmo tempo. Todo mundo tem a mesma oportunidade de contribuir.

Materiais:

Fichas de receita, arquivo ou cartões índice para cada pessoa.

Tempo/Passos:
  • 5 minutos: Faça a pergunta inicial e convide cada participante para escrever sua resposta em um cartão índice, incluindo um primeiro passo de como alcançá-la.
  • 2 minutos: Os participantes trocam ideias com um parceiro, e logo pontuam o cartão que tem na mão até 5 pontos, sendo 5 o melhor. A seguir, continuam deambulando com o cartão que eles têm agora e voltam a interagir com o grupo, para achar uma nova pessoa com quem trocar ideias / cartões.
  • 15 minutos: cinco rodadas de intercâmbio-e-de pontuação com o tempo para deambular (e rir) entre cada pontuação.
  • 5 minutos: Realizar uma contagem regressiva de pontos, pergunte: “Quem tem 25 pontos? 24? 23?” Convide os participantes com pontuação mais alta para que leiam a ideia e as medidas a serem tomadas.
  • 2 minutos: Interrogue ao grupo perguntando a todos eles: “O que vocês observam sobre o 25/10?”

Como adaptar

  • Passar ao planejamento de acções ou Open Space – (Espaço Aberto) com suas ideias Top 10.
  • Incluiro 25/10 Crowd Sourcing no início e no final de uma sessão de aprendizagem.
  • Vincular seu Top 10 ao Matriz de Acordo e Certeza.
  • Invocar o progresso com uma série de perguntas tais como: “Se você pudesse desfazer uma decisão que está detendo você ou vocês, o que faria? Qual é o primeiro passo para desfazer isso?
  • “Que conversa corajosa você/nós não estamos tendo? Qual o primeiro passo para ativar sua/nossa coragem?”
  • “O que deseja que possa acontecer no futuro para você/nós? Qual seria o primeiro passo prático que você pode tomar agora para fazer pender a balança nesse sentido?”
  • Gerar pequenos passos em direção ao sucesso que podem ser combinados em um protótipo de baixa fidelidade.

Estudo de caso

Título:

Métodos colaborativos para a cooperação de gênero.

Atividade:

Jornada de Aprendizagem Conjunta sobre Cooperação de Gênero.

Contato:

b.magri @ itcilo.org (Normas Internacionais do Trabalho, Programa de Direitos no Trabalho e Igualdade de Gênero)

Descrição:

Para iniciar uma Jornada de “Aprendizagem Conjunta sobre Cooperação de Gênero” para instituições bilaterais e CSOs, Normas Internacionais do Trabalho, Direitos no Trabalho e Igualdade de Gênero aplicando Entrevistas apreciativas – (AI)  para identificar os fatores que permitem uma integração de gênero na cooperação para o desenvolvimento, usar TRIZ a fim de identificar fatores que limitam o sucesso, e o 25/10 Crowd Sourcing para ajudar à priorização e planejamento de ações. Os participantes observam que o projeto do workshop permitiu o envolvimento em questões substantivas que normalmente não teriam tempo para cobrir.

Dicas

  • Convidar a escrever em forma clara e convincente una grande ideia e um primeiro passo para a ação.
  • Sugerir uma escala seriamente divertida, porém clara, de Classificação de 1 a 5, como: 1 não é santo da minha devoção, e usar 5 é maravilhoso demais. (Deve ter a certeza de que os participantes entendam e concordem com a classificação, se ela fosse usada para tomar decisões).
  • Assim que começar, demonstrar uma interação de intercâmbio-e-pontuação em um cartão para esclarecer o que se espera durante o procedimento. Durante a circulação das pessoas, o cartão deve ser apenas passado sem ser lido. Isso pode ser confuso para algumas delas.
  • Algumas pontuações podem ser erráticas. Se houver mais ou menos de cinco pontuações na parte posterior do cartão, pedir ao participante para fazer uma “média” das 5 pontuações. Encaminhe dando uma instrução clara “Somar todas as pontuações juntas, dividir pelo número total de pontuações, multiplique por 5. Agora, você vai ter uma pontuação para compartilhar”.
  • Pendure todos os cartões em uma parede ou em papel de tapeçaria, com os cartões de maior pontuação no alto.

Recursos

Leave a Reply

avatar
Photo and Image Files
 
 
 
Audio and Video Files
 
 
 
Other File Types
 
 
 
  Subscribe  
Notify of