Listas Top 100

Fomentar o fluxo de ideias inovadoras

Panorâmica

As listas “Top 100” são aproveitadas para captar ideias de alto nível. É um método simples, porém, poderoso para esclarecer questões relacionadas e aprofundar nas mentes dos participantes.

Quando usar

  • Ativar o aprendizado passado e explorar o subconsciente dos participantes.
  • Quebrar o gelo no início de uma atividade de aprendizagem ou curso.
  • Chuva de idéias (Brainstorm) com estrutura.
  • Demonstrar capacidade criativa do grupo.

Como aplicar

Começar:

Identificar por antecipado ou de forma democrática com o grupo quais assuntos serão explorados.

Montagem:

Organizar a sala de acordo com o número e tipos de alunos.

Por exemplo, pode intentar-se solucionar o tema das barreiras de linguagem estabelecendo equipes de trabalho formadas por grupos homogêneos ou criando listas Top 100 individuais.

Materiais:
  • Grande espaço na parede, flip-charts ou papel para organizar a lista.
  • Notas adesivas e materiais para escrever.
Tempo/Passos:
  • Escrever o problema no topo do espaço de trabalho.
  • Marcar os números 1 a 100 no espaço de trabalho. Isso evitará que os participantes façam uma pausa para contar durante todo o processo. Esse elevado número é o que torna o método eficaz. Ele obriga a um profundo nível de reflexão que atinge todos os cantos da mente.
  • Instruir os participantes a apresentar suas ideias tão rapidamente quanto possível. Todas as ideias devem ser registradas, mesmo que pareçam obscuras ou irracionais.
  • Os participantes podem oferecer ideias um por um. Elas serão escritas diretamente no flip-chart ou em notas autoadesivas que se colocam em ordem na tabela.
  • As primeiras 30 ideias, em geral, são as mais óbvias, já que são selecionadas com facilidade pela memória recente ou das experiências mais repetidas dos participantes.
  • As próximas 40 ideias vão começar a demonstrar padrões e tendências. Essas ideias propendem a ter maior dificuldade para gerá-las porque exigem divergência com a abordagem habitual.
  • As 30 entradas finais são, frequentemente, as mais imaginativas e inovadoras, talvez até mesmo absurdas, porque as opções mais comuns já foram registradas. Essa é a etapa mais rentável do processo, pois existem muitas probabilidades de que ocorram mudanças na perspectiva.
  • Sessão de avaliação: Liderar um processo de reflexão quando se tenham produzido 100 ideias. A sessão deverá examinar as tendências e padrões gerais, bem como a plausibilidade dos próprios pontos.
  • A informação pode ser usada, então, em uma variedade de exercícios complementares para analisar e usar a informação produzida. Um método é agrupar e, em seguida, priorizar os diferentes pontos, como depois de una sessão de chuva de ideias.
  • Reproduzir uma lista em um formato reutilizável para inclui-la em um relatório da atividade final e no site do curso.

Como adaptar

  • Quase qualquer assunto pode ser abordado com uma Lista Top 100.
  • Registrar as ideias em notas adesivas, para torná-las mais fácil de agrupar e reorganizar. Registrar a lista por escrito ou com uma foto antes de mudar de lugar as ideias.
  • Se você fizer isso em um nível individual ou de grupo dependerá dos objetivos.

Estudo de caso

Título:

O melhor conjunto de ferramentas para o próprio trabalho é aquele que você mesmo produz.

Atividade:

Formadores Superiores Academia Aga Khan em Microfinanças (ACAM)

Contato:

Robin Poppe, r.poppe@itcilo.org (Aprendizagem e Comunicação)

Descrição:

No decorrer de um workshop de 3 dias, os participantes, juntamente com os coordenadores, construíram uma lista de 52 elementos. O tema da lista foi ‘o conjunto ideal de ferramentas para um formador superior’. Alguns dos elementos eram mais convencionais, mas os outros também foram muito criativos, por exemplo, “música tradicional”. A etapa mais difícil desta metodologia foi estabelecer os primeiros 20 elementos. Uma vez que eles foram estabelecidos, os outros elementos surgiram com maior facilidade.

Dicas

  • Certifique-se de dar tempo suficiente para completar a lista, porque só é efetiva quando se faz em uma única sessão.
  • Tire da sala toda outra distração. Isso inclui desligar os dispositivos móveis e terminar todas as bebidas.
  • As ideias repetidas podem fornecer pistas para os processos de pensamento dos participantes. Portanto, e bom resolvê-los no final da sessão.
  • Instrua os participantes usar siglas e formas abreviadas e evitar frases completas, que consomem tempo e energia valiosos.

Recursos

Leave a Reply

avatar
Photo and Image Files
 
 
 
Audio and Video Files
 
 
 
Other File Types
 
 
 
  Subscribe  
Notify of