Estudos de caso

Aprendizagem em contexto

Panorâmica

Os estudos de caso examinam questões específicas por meio da análise de um cenário contextual. Eles podem ser usados para introduzir de forma holística os conceitos-chave ou tópicos de aprendizagem, analisar circunstâncias, diagnosticar problemas e propor soluções. Eles são uma forma de apresentar concretamente a teoria de que, de outra forma, poderiam permanecer no abstrato. Os estudos de caso estimulam o desenvolvimento de ideias individuais e o entendimento de diversas perspectivas através da discussão participativa e análise colaborativa. Este método está relacionado com a narrativa, mas permite maior controle em relação ao conteúdo.

Quando usar

  • Demonstrar princípios teóricos.
  • Examinar sistemas totais e comunicar complexidade.
  • Compreender contextos reais.
  • Explorar soluções, gerar hipóteses, comparar desafios e analisar cenários.

Como aplicar

Materiais:
  • Um ou mais estudos de caso para analisar.
  • Flipcharts para documentar o consenso do grupo nas questões.
Tempo/Passos:
  • Projetar um estudo de caso que seja interessante para o público, bem como relevante para os objetivos.
  • Objetivos: para identificar as diferenças, as causas ou sintomas relacionados, por exemplo, com um ou mais casos.
  • Incluirum parágrafo introdutório, informações de antecedentes, uma visão geral da situação e todo pormenor adicional, como dados.
  • Ter sensibilidade quando se faz referência aos contextos específicos de cada país. Acrescentar elementos pedagógicos, tais como fatores de risco ou detalhes sutis para uma maior autenticidade.
  • Criar uma história envolvente, aplicando humordiálogodescritivo e personagens com as quais as pessoas possam se identificar.
  • Escrever em linguagem clara e simples.

Como adaptar

  • O caso pode ser apresentado ao grupo como um todo, com uma apresentação cativante, se existirem dúvidas de compreensão.
  • mídia pode diversificar a forma como a informação é comunicada. Os videoclipes ou diálogos gravados por especialista chegaram melhor a diferentes tipos de alunos.
  • Apresentando numerosos casos que se enfoquem em um problema central permite que os participantes percebam os princípios básicos e os fatores que os casos têm em comum.
  • A técnica Action Maze (Labirinto de Ação) requer que os participantes selecionem os próximos passos para a resolução de um problema, com base nos resultados esperados de cada decisão. Um conjunto de dilemas com respostas relacionadas são estabelecidas antecipadamente, respondendo cada decisão à consequência da anterior decisão tomada, até que se alcance uma conclusão conveniente ou desejável. Existem várias aplicações de software para a criação online de Labirintos de Ação.
  • Incident Process (Processo de Incidente) é um estudo de caso que começa com apenas uma breve explicação em relação a uma situação. Os participantes aprendem a reunir fatos de outras pessoas, como eles devem fazer as perguntas certas ao treinador (ou especialista), a fim de obter informação suficiente para formular uma solução. Isto é difícil, com grupos grandes, a menos que os estudos de caso sejam situações reais dos participantes e os participantes estejam presentes em pequenos grupos para responder as perguntas.
  • Maneira Errada, Maneira Certa de um estudo de caso ajuda os participantes a identificar os erros e entender as melhores práticas. Discute-se um estudo de caso demonstrando decisões incorretas ou menos do que ideais, seguido de um exame da mesma situação, mas onde as diferentes ações e decisões mudaram os resultados.

Estudo de caso

Título:

Estudos de caso para audiências especializadas

Atividade:

Serviços em profundidade

Contato:

p.salvai @ itcilo.org (Atividades dos Empregadores) m.lisa @ itcilo.org (DELTA)

Descrição:

Para comparar as melhores práticas e desenvolver abordagens práticas para expandir os portfólios de serviços de organizações empresariais foram selecionados, antes da atividade, estudos de casos reais.

Os participantes foram convidados a preparar, com antecedência, quatro slides com uma visão geral e elementos principais: 1) um serviço bem sucedido oferecido aos membros; 2) um serviço oferecido aos membros sem sucesso. Quatro ou cinco casos foram selecionados com base no seu interesse, relevância e avaliação de sua aplicação. Um caso por dia foi apresentado pelos próprios participantes em apenas 15 minutos. Depois de uma breve sessão de perguntas e respostas, um painel de discussão com o grupo como um todo, explorou detalhes e sugestões. Esta abordagem foi bem recebida pelos participantes e é usada em muitos cursos, porque o conteúdo é tão concreto como específico. As apresentações que não foram analisadas durante o curso, se incluíram nos materiais dados aos participantes.

Dicas

  • Evite estudos de caso de problemas difíceis, sem soluções possíveis porque isso vai criar frustração.
  • Excluir detalhes desnecessários; em vez disso, manter os casos curtos e sucintos.
  • Se você quiser usar estudos de casos longos e complexos, deverão ser fornecidos com antecedência, como durante a fase 1 da Abordagem Combinada de Aprendizagem, com instruções claras para se preparar para o exercício de aula.
  • Instrua os participantes a se concentrar em identificar o problema antes de procurar soluções.
  • Em pequenos grupos, os participantes tímidos podem começar por escrever as respostas individuais e compartilhá-los como itens de discussão.
  • Examinar casos reais propostos pelos participantes, a fim de melhorar o nível de participação e fornecer soluções práticas para os desafios. Não deixe de coletar informações adequadas e verifique que a questão seja relevante para todos.
  • Métodos como Role Play – Dramatização e Round Robin (Todos interagem com todos) podem ser adaptados para complementar o estudo de caso e aumentar o nível de participação.
  • Instruir os participantes para classificar a qualidade das soluções possíveis em pequenos grupos para facilitar a formação de consensos.
  • Observe participantes que demonstram frustração com a falta de soluções padrão. Explicar a finalidade participativa de estudos de caso que, por natureza, resultarem em diferentes soluções e perspectivas.
  • Cinco passos que garantem o uso eficaz do método de estudo de caso:
  • Obter o compromisso dos participantes de se envolver no processo de forma ativa
  • Sondar as conversações para obter conclusões baseadas em evidências.
  • Reforçar idéias positivas, abordagens e decisões no decorrer da atividade.
  • Fornecer orientações periódicas sobre omissões.
  • Suscitar um princípio geral que reflita as lições aprendidas.
  • Conclua com os próximos passos para consolidar as idéias.

Recursos

Leave a Reply

avatar
Photo and Image Files
 
 
 
Audio and Video Files
 
 
 
Other File Types
 
 
 
  Subscribe  
Notify of